O Que é EAT e Sua Importância Para o SEO

o que é EAT no SEO

EAT é a sigla em inglês para Expertise, Authoritativeness, Trustworthiness ou em português, Experiência, Autoridade e Confiança.

Para analisar se uma página tem uma nota alta ou baixa de EAT, basta se perguntar: “esse site é digno de minha confiança sobre esse tópico? Foi escrito por um expert ou é só alguém tentando transmitir sua opinião como se fosse um fato?”

O Google está cada vez mais preocupado com a qualidade da experiência do usuário, e é esse um dos principais fatores de rankeamento. O Google desde sempre, vem tentando definir as melhores formas de rankear os resultados de pesquisa, e o EAT tem sido a melhor solução encontrada até aqui.

Um site com dicas de saúde que não foi escrito por um médico perde pontos em EAT. Um site com dicas de treino de musculação que não foi escrito por um educador físico ou por alguém que faz musculação, perde pontos em EAT.

Há que se observar que não somente a formação conta pontos. Muitas vezes a experiência conta até mais. Por exemplo: você prefere uma receita de Feijoada vinda de um Chef Francês que estudou nas melhores escolas de culinárias do mundo e que trabalhou nas melhores cozinhas, mas que nunca fez uma Feijoada…ou da Dona Francisca, dona de casa que fez um blog e já fez Feijoadas deliciosas centenas de vezes? O EAT é um equilíbrio, e depende do nicho com o qual o site está associado.

Exemplos de boas notas de EAT

  • Páginas com conteúdo médico devem ser de pessoas ou empresas com a devida formação médica. É muito importante que o conteúdo esteja atualizado e conforme o consenso médico.
  • Notícias devem preferencialmente conter provas (imagens, vídeos) e/ou relatos de testemunhas, e devem ser apresentados de forma clara para que os usuários entendam bem o evento.
  • Páginas com conselhos sobre psicologia infantil, que podem afetar a família e o futuro dos pais e crianças, devem ser originadas de profissionais da área.
  • Páginas que contenham qualquer forma de venda devem conter suporte ao cliente, telefone/email de contato, informações sobre as pessoas responsáveis pelo site e conteúdo.
  • Páginas de hobbies como esportes, instrumentos músicais e fotografia, também devem conter provas ou indícios de experiência.

Acho que já deu pra ter uma idéia. E é pela importância do EAT para o SEO é que eu considero a formação profissional como o principal fator para escolha de um nicho dentro do marketing de afiliados. Não há nada que gere mais autoridade perante o usuário,e portanto perante ao Google, do que um site de importação feito por uma pessoa formada em Comércio Exterior, um site de dicas de arquitetura feito por um arquiteto e assim por diante.

EAT SEO saúde

Alguns sites não necessitam de uma experiência tão formal. Experiências valiosas são contadas em fóruns. Diversos relatos sobre produtos ou empresas são extremamente valiosos, detalhados e úteis aos usuários. Essas pessoas podem ser consideradas experts em tópicos das quais elas tem experiência de vida. Uma página sobre emagrecimento de alguém que já perdeu uma grande quantidade de peso pode ser tão valiosa quanto de um nutricionista. Até relatos de saúde de experiências de pessoas que de alguma forma conviveram com a doença devem ser considerados. A educação formal não é um requisito para a nota de EAT.

O critério do EAT depende do objetivo da página. O tipo de experiência satisfaz bem o propósito da página?

Como o Google é capaz de medir o EAT de uma página

Não sei se você sabe, mas o Google tem hoje uma equipe de mais de dez mil avaliadores espalhados pelo mundo, da qual eu faço parte (projeto Yukon). Costumo explicar que somos a parte humana do algoritmo do Google, e o EAT é o critério de qualidade mais importante que avaliamos em qualquer página da web.

O EAT é medido principalmente pela página “Sobre Nós”, pela reputação do site na internet e pela quantidade e qualidade do conteúdo.

Mas não se engane…caso esteja pensando em tentar enganar aos avaliadores e ao Google, escrevendo uma página “sobre nós” com mentiras, te adianto que somos treinados a vasculhar e confirmar as informações que foram informadas. Caso seu site seja descoberto, você irá ganhar uma grande punição por estar tentando enganar o usuário, e entrará para esta categoria de sites, junto com sites realmente nocivos e/ou ofensivos.

Sites que envolvem dinheiro ou questões relacionadas a saúde: sites que afetam diretamente a saúde ou a saúde financeira do usuário (loja virtual, tema médico etc) são avaliados mais criteriosamente e com algumas variáveis a mais. Uma loja virtual sem suporte ao cliente já recebe automaticamente uma nota baixa. Um site que faz transação financeira sem certificado SSL também…

Como melhorar o EAT de seu site

#1 – Tenha uma boa página “sobre nós” e uma boa página de contato;

#2 – Deixe claro em cada artigo quem é o responsável pelo mesmo;

#3 – Cuide de sua reputação na Internet (Reclame aqui, fóruns etc…você tem que pesquisar frequentemente o que têm sido falado de seu nome/sua marca e dar o devido retorno);

#4 – Exclua páginas do seu site com baixo tráfego e baixo EAT. (Uma única página com baixo EAT pode afetar seu domínio principal. Revise algum conteúdo do qual não tem propriedade para escrever, e remova-o. Se a página tem bom tráfego, sugiro contratar um profissional daquela área para revisar e assinar o artigo);

#5 – Invista em segurança técnica. (Sendo ou não um site que envolve dinheiro, invista em um certificado SSL. Vai te ajudar em EAT e em outras questões de SEO. Muitas hospedagens tem certificado SSL gratuito, mas se não houver recomendo usar o Cloudfare que é gratuito e de alta performance)

#6 – Gere um bom conteúdo que agregue para o seu usuário, e condizente com o propósito da página. A quantidade também deve ser condizente com o propósito. Uma página “como fritar um ovo” não necessariamente precisa ter muito conteúdo, mas uma página de temas gerais como “A Segunda Guerra Mundial” ou “Biografia Nelson Mandela” devem ser completas e abordar o tema da forma mais completa possível.

Espero que tenha dado para ter uma boa idéia sobre EAT: Experiência/Expertise, Autoridade e Confiança e sobre a importância que o Google dá a isso em termos de SEO.

Caso tenha ficado alguma dúvida ou se quiser compartilhar alguma opinião sobre este artigo, por favor compartilhe-a nos comentários abaixo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *